Pielonefrite aguda

A pielonefrite aguda (PNA) é definida como "infecção do trato urinário alto", que afeta principalmente o Sistema Coletor Renal, de forma aguda.

Diagnóstico



Exames Laboratoriais

Urocultura com antibiograma - Contagem de colônias de bactérias igual ou maior
100 mil do mesmo organismo

Urina tipo I - O exame negativo não afasta infecção. Caracteriza-se por apresentar piúria (acima de 10 piócitos por campo), hematúria e bacteriúria. Não substitui a Urocultura.

Hemograma

Uréia/creatinina sérica - Creatinina maior que 0,8 pode ser indicativo de disfunção renal.

Conduta

Internação Hospitalar: para tratamento, antibiótico endovenoso e vigilância de complicações (ex.: trabalho de parto prematuro, sepse).

Hidratação: com soro fisiológico, mantendo uma diurese de 30 a 50 ml/hora. Não realizar sondagem vesical e restringir a cateterização vesical suprapúbica apenas aos casos graves.

Antibioticoterapia: iniciar imediatamente após coleta dos exames.
Administração endovenosa até a paciente se tornar afebril por 24 a 48 horas, passando a utilizar a via intramuscular ou a oral até o final do tratamento. Conforme a gravidade, o agente bacteriano isolado e o antibiótico utilizado, o tratamento variará de 7 a 14 dias.

Tabela 1Antibióticos recomendados para o tratamento inicial da PNA na gravidez, sem complicações maternas e fetais.


Infecções urinárias recorrentes ou que não respondem ao tratamento devem ser investigadas com exames complementares: hemocultura, RX de tórax e ultra-som.

Tabela 2Antibióticos recomendados para o tratamento de manutenção da PNA na gravidez sem complicações maternas e fetais.


Após o término do tratamento de manutenção, repetir urocultura com antibiograma. Por causa da possibilidade de recorrência (34%), fazer uma urocultura mensalmente até o parto. Todas as gestantes com bacteriúria sintomática ou assintomática, confirmadas com urocultura, devem ser tratadas.
A terapia antimicrobiana supressiva (profilática) está indicada para evitar a recorrência (nitrofurantoína 100 mg/dia). Se houver persistência da bacteriúria, uma avaliação urológica após o parto deve ser realizada.

Antibióticos contra-indicados para tratamento da PNA durante a Gravidez

Sulfametoxazol/trimetropim
Tetraciclina
Eritromicina (estolato)
Cloranfenicol
Fluoroquinolonas

Fonte: Ministério da Saúde

Seja o primeiro a comentar

Postar um comentário

Tire suas dúvidas, deixe seu comentário

  ©Template Blogger Green by Dicas Blogger .

TOPO