Noradrenalina



A noradrenalina (NA) é o neurotransmissor do sistema nervoso simpático e precursor da adrenalina. A NA possui atividade tanto no receptor alfa, como beta 1 adrenérgico, com pouca ação sobre receptores beta 2. Dependendo da dose utilizada, obtém-se aumento do volume sistólico, diminuição reflexa da FC e importante vasoconstrição periférica, com aumento da PA. A contratilidade e o trabalho cardíaco também aumentam se o aumento da pós-carga for tolerado pelo ventrículo. A noradrenalina é também um potente vasoconstritor visceral e renal, o que limita sua utilização clínica. É também vasoconstritora sobre a rede vascular, sistêmica e pulmonar, e deve ser usada com prudência, em pacientes com hipertensão pulmonar.

Indicações

A noradrenalina é uma droga de eleição no choque séptico, cuja finalidade é elevar a PA em pacientes hipotensos, que não responderam à ressuscitação por volume e a outros inotrópicos menos potentes. Além disso, essa potente droga vasoativa é quase sempre utilizada durante as manobras da ressuscitação cardiopulmonar (RCP), como droga vasoconstritora. A droga é rapidamente eliminada do plasma após a sua administração intravenosa, com vida média de dois
(2) a dois e meio (2,5) minutos, embora haja grande variação individual. A sua degradação é hepática e a eliminação renal.

Doses

Utilizam-se, normalmente, cinco (5) ampolas (2 mg) diluídas em 250 ml de qualquer solução rotineira (exceto em soluções alcalinas), cuja concentração final será de 0,04 mg/ml. A droga é disponível sob a forma de bitartarato de noradrenalina, sendo que a infusão endovenosa, contínua é, geralmente, iniciada em doses de 0,05 a 0,1 mg/kg/min, até que o efeito hemodinâmico desejado seja alcançado e não haja efeitos colaterais importantes. As doses administradas podem atingir um máximo de 1,5 a 2 mg/kg/min.

Durante as manobras de RCP, podem-se usar doses de 0,1 a 0,2 mg/kg, endovenosas ou intratraqueais, diluídas em 10 ml de água destilada.

Cuidados

As infusões de NA devem ser administradas preferivelmente através de uma veia central, a PA deve ser monitorizada a cada quinze (15) minutos, principalmente durante o ajuste da dose. A função renal também deve ser monitorizada através de dosagens de uréia, creatinina e volume de diurese. Cuidados com necrose e escaras, no local da injeção intravenosa, devem ser prevenidos, evitando-se o extravasamento da droga. A infusão deve ser efetuada em veia de grosso calibre e a localização desta deve ser alterada, no mínimo, a cada doze (12) horas. A droga deve ser evitada em grávidas pelo seu efeito contrátil sobre o útero gravídico. A administração de altas concentrações também pode precipitar hipotensão acentuada, infarto do miocárdio ou hemorragia cerebral.

O uso da noradrenalina, em altas doses e por tempo prolongado, pode provocar graves lesões renais, cutâneas e mesmo cardíacas devido à vasoconstrição excessiva. No choque cardiogênico, o seu uso é limitado devido ao aumento do VO2 e aumento do trabalho cardíaco, provocado pelo incremento da pós-carga no miocárdio isquêmico.

34 Comentários:

Anônimo disse...

Show de bola, objetivo e sucinto, o que precisava para meu estágio amanhã...valeu vou continuar visitando o blog me ajudou muitoooo....

Anônimo disse...

NÃO CONHECIA O BLOG, EM UMA PESQUISA PARA UM ESTUDO DIRIGIDO FIQUEI ESTARRECIDA COM QUAL A FORMA É POSTADO AS INFORMAÇÕES PARABÉNS PARA OS IDEALIZADORES E COLABORADORES.PERFEITO INSTRUMENTO DE PESQUISA INFORMATIZADO,POIS SABEMOS QUE NEM TUDO QUE HJ SE É POSTADO É CONFIAVEL MAS,TAIS POSTAGENS CONFEREM PERFEITAMENTE COM AS BIBLIOGRAFIAS.
MAS UMA VEZ PARABÉNS COLEGAS.

Adm. Blog disse...

Obrigada pelos comentários, podem deixar um nome mesmo que fictício para os agradecimentos de minha parte, rs.
Voltem mais e mais vezes, este espaço é de vocês.

Anônimo disse...

bo9a tarde onde eu vjo a diluição a estabilidade do medicamento noradrenalina?

Anônimo disse...

estava lendo a bula da nora e verifiquei que ela é fotos´sensível porém nunca vi em uti nenhuma cuidados com esse medicamento, o que vcs me dissem?

Adm. Blog disse...

Boa noite, que eu saiba o Nipride (Nitroprussiato de Sódio) é fotossensível. Procurei na net e dei uma olhada nas bulas na minha unidade e em nenhuma delas diz este detalhe. Será que vc não confundiu?
Agradeço a visita e o comentário.

Anônimo disse...

sou tecnica de enfermagem e foi para mim de muito valor tudo que encontrei nesse blog vcs estão de parabéns.

fmg disse...

usei nora por varios dias fique 28 dias em coma em uma uti em maringa e 42 na uti tive um uso prolongado dessa substancia pois tive perfurações em pulmão membraa do coração e varias outras lesões tive auxilio de desfribilador e noradrenalina por um periodo + longo e hj sofro disturbios de perseguções e so ando desconfiado de tdo será que isso tem haver com esse tratamento que tive? tenho medo de estar ficando louco e não quero procurar outro medico alguém pode ajudar fico grato e no aguardo obrigado desde já!

Adm. Blog disse...

Caro fmg, seus sintomas não tem nada a ver com o uso da noradrenalina. Provavelmente pelo longo período de estress que você passou pode estar gerando estas sensações. O correto é buscar ajuda com um psiquiatra ou psicólogo.

Anônimo disse...

parabéns pelo trabalho.

Anônimo disse...

parabens pelo conteudo. Me ajudou bastante.

Anônimo disse...

Nossa me ajudouu muit amanha vou trabalhar mais tranquilha c*------*

Anônimo disse...

Ótimo o blog!! Explica de forma clara sobre o conteúdo pesquisado.

fatima disse...

eu adorei precisava saber si era diluido pois caiu na prova eu naoi sabia

Anônimo disse...

10!

rose disse...

olá.comecei em uma uti, e lá eles usam equipo fotossensivel para noradrenalina, mas tb nunca vi o uso na uti de equipo fotossensivel, e na bula tb não encontro, como posso argumentar que nora não é fotossensivel.
só se passou a ser de um ano pra ca,
obrigada
tb sei que nitroprussiato é foto.

Anônimo disse...

Por Favor gostaria de tirar uma dúvida sobre a nora,pois li na bula que ela é fotossensível,porém muitos dos profissionais não sabem desse detalhe,procurei na net li em algumas materias e outras não tem dizendo sobre isso,tive aulas na minha especialização com uma enfermeira doutora em farmacologia e ela falou que nora é fotossensível.No entanto,gostaria que me fizessem a gentileza de me esclarecer isso!!!se é ou não?!!!!!obrigada

Adm. Blog disse...

Olá Anônimo, como eu citei acima, procurei na net e olhei todas as bulas na minha unidade e em nenhuma delas diz este detalhe.
Enviei um email para o Conselho de Farmácia solicitando informações, aguardo a resposta para postar aqui.

Adm. Blog disse...

RESPOSTA DO CRF


Conselho Regional de Farmácia do Estado de São Paulo (CRF-SP) escreveu: "Dra. Tânia, De acordo com Martindale: The Complete Drug Reference, 36 º Edition, página 1360 -1, a substância noradrenalina é fotossensível, ou seja, precisa ser protegida da luz.


Então, resta perguntar porque a maioria dos serviços não utiliza equipo próprio.
Esta será a próxima resposta que trarei para os leitores do blog.

Adm. Blog disse...

***Resposta do Conselho Federal de Farmácia - Centro Brasileiro de Informação sobre medicamentos - CEBRIM***


Norepinefrina (noradrenalina) é catecolamina simpaticomimética de ação direta em receptores alfa-adrenérgicos, em receptores beta-1-adrenérgicos e, em menor grau, em receptores beta-2-adrenérgicos. Sua atividade alfa-agonista adrenérgica induz vasoconstrição periférica, o que aumenta a pressão arterial sistólica e diastólica, acompanhada da diminuição reflexa da frequência cardíaca.
Pode ser usada em situações de emergência de hipotensão, como o choque, assim como na parada cardíaca. (FTN 2010)
Deve ser armazenada em recipiente hermético, preferentemente, em tubo selado sob vácuo ou com gás inerte à temperatura ambiente, entre 15 e 30 ºC. Proteger da luz. (FTN 2010)
Injeções de hemitartarato de norepinefrina são estáveis por até 24 horas em solução de glicose 5% em 23 ºC e umidade ambiente, protegida da luz. (FTN 2010)
A norepinefrina escurece lentamente sob ação do ar e luz. (Klasco 2012) o que justifica o uso de equipo âmbar ou o envolvimento do equipo e da solução de glicose/norepinefrina em papel alumínio durante a administração.
Caso necessite de informações adicionais, contate-nos novamente.

Medicamento(s):
norepinefrina (05058.01-5) - norepinephrine (C01CA03)

BIBLIOGRAFIA

1. Klasco RK (Ed): Martindale: The Complete Drug Reference. Thomson MICROMEDEX, Greenwood Village, Colorado, USA.
Disponível em: http://www.thomsonhc.com/. Acesso em: 18.06.2012.
2. Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos. Departamento de Assistência Farmacêutica e Insumos Estratégicos. Formulário Terapêutico Nacional 2010: Rename 2010. 2a. edição. Brasília: Ministério da Saúde, 2010. Disponível em: http://portal.saude.gov.br/portal/arquivos/pdf/FTN_2010.pdf

Home page: www.cff.org.br/ - E-mail: cebrim@cff.org.br

Anônimo disse...

maravilha este blog,parabens!

Blog do M@rcelinho disse...

pessoal desculpa a minha pergunta mas não é minha área por isto venho aqui procurar ajuda, meu pai teve que ser internado e ficou 5 dias recebendo noradrenalina direto no coração segundo o médico a mesma foi sessada mas a sonda ainda continua no coração enviando soro, minha pergunta, que coloca uma sonda assim no coração fica com isto para sempre? Pode ser retirado sem causar danos ou hemorragia? Valew

Anônimo disse...

O que acontece se administrar noradrenalina direto na veia sem diluição, como se estivesse administrando adrenalina, em uma PCR

LUCIANE SANTOS disse...

quais podem ser os efeitos colaterais dessa droga?
meu pccte é diabético, hipertenso,fez duas safenas e uma mamária, sua PA é entre 98/53 e a PAM altera de 60 a 52 com muita frequência...
lu

Anônimo disse...

parabéns pois me ajudou bastante.

Anônimo disse...

Gostei. Trato dos renais, bom saber a tao grande importancia do tratamento hemodialitico continuo.

Anônimo disse...

uauu..como não tinha visto este blog antes?? adorei já esta no meu favoritos parabéns pela iniciativa

Mayza Milhomem disse...

Até que está bom mais existem algumas informações aqui que não batem com a literatura como dizer que se pode diluir a Noradrenalina em qualquer solução , a solução para diluí-la é Glicose a 5%, e ao contrário do que diz aí as literaturas seguras dizem que a Noradrenalina aumenta a força de contração do miocárdio. tinha tudo pra estar bom mais tem muitos erros.

tubaextremer da escuridão disse...

por quanto tempo esse medicamento pode ser usado em uma pessoa que estana UTI?

ericson disse...

Durante quantos dias um paciente que esteja na UTI por aneurisma cerebral pode ficar submetido a Noradrenalina.
Aguardo respostas.
Obrigado...

Anônimo disse...

qunto tempo uma pessoa pode toma este medicamendo se ela esta em coma/

Adm. Blog disse...

Não existe tempo para uso, desde que o paciente seja monitorado e o acesso trocado no máximo a cada 7 dias

Anônimo disse...

Muito booooom

Mirlandia Nogueira Lopes disse...

quais são os cuidados de enfermagem

Postar um comentário

Tire suas dúvidas, deixe seu comentário

  ©Template Blogger Green by Dicas Blogger .

TOPO